O futuro da igreja norte-americana? | William Lane Craig

Pergunta

Caro Dr. Craig,

Estou escrevendo para o senhor porque estou em completo desespero. A igreja na qual tenho sido membro por toda a minha vida transformou-se em um inferno politicamente correto. A transformação que aconteceu nos últimos anos só pode ser descrita como completamente perversa e anticristã. É realmente difícil dar uma explicação adequada sobre o quão fundo a minha igreja desceu. Após banir a cruz da igreja (“porque podia ofender judeus e muçulmanos”), os maníacos que temos como pastores agora decidiram ler em nossa igreja “O Capital”, de Karl Marx, e “Assim falou Zaratustra”, de Friedrich Nietzsche, e decidiram também não ler mais a Bíblia, pois “é um livro racista e misógino”. O apóstolo Paulo, de forma revoltante, tem sido chamado de “nazista” pelo pastor e “um intolerante que odeia mulheres”; e nossos próprios antepassados são constantemente atacados pelas cruzadas e sua suposta homofobia. O pastor também começou a amaldiçoar o Senhor (com um linguajar que não vou repetir). Eu e alguns de meus irmãos e irmãs em Cristo paramos de frequentar minha igreja juntos e escolhemos boicotar essa monstruosidade de igreja e o movimento profundamente blasfemo que tomou conta da situação. Temos tentado educadamente falar com os líderes de nossa igreja, mas todas as negativas e discussões têm falhado completamente. Não posso e não tolerarei essa perversão em minha vida como servo de Jesus Cristo.

Caro Dr. Craig, conheço o senhor por meio de seu trabalho e escritos como um homem de grande fé e como um bom cristão tradicional, que ama nosso Senhor e Salvador e que tem debatido com inimigos ímpios de Cristo numerosas vezes. Fiquei me perguntando o que o senhor sugeriria que eu e meus amigos fizéssemos nessa terrível condição. Nós só queremos seguir os ensinos clássicos de nosso cristianismo tradicional. Estamos mirando nossos irmãos e irmãs norte-americanos, pois eles possuem algo que perdemos: uma forma tradicional de cristianismo que não tem sido anulada pelas forças agressivas do politicamente correto (a famosa Biola University é verdadeiramente uma bênção do Senhor!). Também temos ouvido de irmãos e irmãs do Canadá e da Alemanha, os quais têm nos contado histórias semelhantes sobre o declínio de suas igrejas. O que podemos fazer? O que devemos fazer?

Obrigado pelas respostas.

Com meus melhores votos,

Uli.

Suíça.

Resposta do Dr. Craig

Escolhi sua pergunta, Uli, não porque eu tenha muito a dizer à guisa de resposta ao seu apelo desesperado, mas, antes, porque sua carta serve para alertar os irmãos e irmãs cristãos do que espera a igreja nos Estados Unidos se as tendências atuais continuarem do jeito que estão.

Sua carta descreve, de maneira muito vívida, o que acontece com uma igreja logo que ela se separa da âncora das verdades bíblicas e deixa-se levar pelas correntezas da cultura secular. Sob a liderança errônea de seu pastor, sua igreja virou apóstata e deve ter o nome de “Icabode” (1Samuel 4.21) pronunciado sobre ela. Visto que ela se recusa a disciplinar seu clero removendo o pastor apóstata, você e seus amigos estão certos em deixar de congregar ali.

Mas vocês não devem cometer o erro de não mais cultuar e servir em uma comunidade cristã. Esse envolvimento é uma parte inerente do discipulado cristão. Vocês precisam buscar uma igreja local onde o evangelho ainda é pregado fielmente e onde vocês possam cultuar ao Senhor de forma significativa. As chances de encontrar tal igreja na Suíça serão maiores se vocês procurarem entre as Freien Evangelischen Kirchen [Igrejas Evangélicas Livres], em vez das estatais (que é a que eu imagino que você tem frequentado até o momento). Eu encorajaria vocês a dedicarem suas energias para fortalecerem uma comunhão local, em vez de desperdiçarem-na numa tentativa inútil de resgatar uma igreja apóstata.

Ademais, uma das bênçãos de viver na era da Internet é o acesso imediato a recursos online para ajudá-lo na sua caminhada cristã, mesmo que você não encontre tais auxílios em uma igreja local onde você mora.  Aqui está uma sugestão para você: por que você e seus amigos não combinam de se reunirem uma vez por semana e assistirem a uma aula em vídeo de nossa Defenders class sobre doutrina cristã e apologética? Cada lição possui apenas meia hora de duração. Vocês podem assisti-la e discutir o conteúdo juntos. Comecem com a primeira lição na Series 3 e prossigam a partir dali.

Por fim, nós, os norte-americanos, precisamos refletir longa e severamente sobre o que aconteceu com a igreja na Europa, como Uli descreveu tão graficamente. Esse câncer, como Uli observa, já invadiu o Canadá. O trágico é que esse compromisso é muito desnecessário. Como meus debates com eruditos seculares ilustram tão vividamente, o cristianismo pode muito bem competir com o secularismo na arena de ideias hoje. Por toda parte eu tenho alertado as igrejas americanas dos perigos que nos esperam caso continuemos no caminho atual, e tenho também sugerido alguns antídotos para impedir esse desabamento (“Neutralidade Intelectual”). Que Deus nos dê a perspicácia para reconhecer os perigos e a firme determinação necessária para vencê-los!

Traduzido por Leonardo Bruno Galdino e revisado por Jonathan Silveira.

Texto original: The Future of the North American Church? Q&A #538. Reasonable Faith.

vc087mhiWilliam Lane Craig é doutor em filosofia pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e em teologia pela Universidade de Munique, na Alemanha. Atualmente é professor de filosofia da Universidade Biola, na Califórnia. É conferencista internacional e autor de dezenas de artigos e livros no campo da filosofia e da apologética. Em parceria com J. P. Moreland, escreveu a monumental Filosofia e cosmovisão cristã, além das obras Apologética para questões difíceis da vida, Em guarda e Apologética contemporânea, publicadas por Vida Nova.
Você fica preocupado quando alguém lhe faz uma pergunta sobre sua fé e você não sabe como responder? Em guarda, leitor! Você tem em suas mãos as respostas para essas e outras tantas perguntas que deixam qualquer pessoa insegura na hora de defender sua fé. Trata-se de um manual de treinamento conciso, escrito por William Lane Craig, um dos mais renomados defensores da fé cristã na atualidade.

Com um estilo envolvente, Craig oferece quatro argumentos plausíveis para a existência de Deus, defende a historicidade da ressurreição de Jesus e aborda o problema do sofrimento. Além disso, mostra por que o relativismo religioso não consegue responder ao nosso desejo de compreender as questões últimas da vida.

Provando que a defesa da fé não se faz apenas com palavras, o autor também compartilha sua própria história de vida, bem como o chamado de Deus para torná-lo um evangelista bem preparado e, ao mesmo tempo, relevante para a cultura contemporânea.

Publicado por Vida Nova.