Convicções de um velho filósofo e apologista sobre o cristianismo e a defesa da fé cristã | Douglas Groothuis

1. Participe regularmente de cultos em uma igreja evangélica. Precisamos adorar e ter comunhão. Isto não é opcional. Somos o Corpo de Cristo e não devemos deixar de nos reunir.

2. No que diz respeito a todas as suas crenças, pergunte-se: “isso é ensinado na Bíblia ou é compatível com a Bíblia?”

3. Saiba como fundamentar sua teologia em textos e temas específicos da Bíblia. Para cada doutrina-chave, memorize dois ou três textos bíblicos que sustentam essa doutrina.

4. Se duas de suas crenças parecerem contraditórias, não “aceite o mistério”, mas se ocupe em resolver o problema da melhor maneira possível.

5. Ao argumentar apologeticamente com um incrédulo, é útil conhecer sua cosmovisão – e as implicações de sua cosmovisão – melhor do que eles.

6. Aprenda a ouvir ativamente, ouvindo com coração e mente a criatura criada à imagem de Deus à sua frente.

7. Sempre que você defender publicamente o cristianismo, ore mais ou menos assim:

“Ó, Deus, equipe-me para falar a verdade em amor, no poder do Espírito Santo, para que as pessoas possam aceitar o evangelho. Traga apenas aqueles que podem se beneficiar do que vou dizer. Protege-me dos planos do diabo e que tudo aquilo que eu fizer seja para edificar a igreja, promover o Reino e alcançar os perdidos. Em nome de Jesus. Amém.”

8. Em qualquer evento evangelístico, peça que muitas pessoas estejam em oração. Veja Colossenses 4.2-3; Efésios 6.19.

9. Ore antes, durante e depois de qualquer evento evangelístico.

10. Reserve bastante tempo para perguntas e respostas em qualquer evento evangelístico. Tente ser a última pessoa a ficar na sala. Muitas pessoas só fazem perguntas mais profundas pessoalmente.

11. Leia a Bíblia regularmente. Não apenas leia, mas medite, ore, recite, cante e memorize (Salmo 119.11). Leia-a em várias traduções, mas adote uma. Para mim é a NIV.

12. Separe tempo e espaço para o silêncio em sua vida. Você precisa disso para avaliar adequadamente suas experiências. Fique em dia consigo mesmo.

13. Certifique-se de que seu envolvimento nas mídias sociais não impeça um tempo significativo de leitura e estudo – não apenas no seminário, mas por toda a vida. Líderes devem ser leitores!

14. Tente injetar a verdade cristã onde ela é rara. Sempre esteja planejando o avanço da verdade de Deus no mundo.

Leia também  7 fatos que os cristãos precisam saber a respeito dos refugiados | Médine Keener

15. Peça a Deus que incendeie os seus ossos, dê amor em seu coração e uma cabeça fria e inteligente.

16. Encontre sua musa literária e obtenha dele ou dela tudo o que puder. Com isso refiro-me ao escritor que fala profundamente à sua alma e sua vida. Para mim é Francis Schaeffer, Blaise Pascal e Os Guinness. Releio suas obras o tempo todo. Você também pode ouvir suas obras em áudio. Um amigo meu tem lido os sermões de Spurgeon nos últimos vinte e cinco anos.

17. O segredo aberto de todo ministério cristão é negar a si mesmo, tomar sua cruz diariamente e seguir a Cristo com amor na aventura de torná-lo conhecido ao mundo através de todos os seus pensamentos e ações.

18. Em seu zelo, tome cuidado para não se esgotar. Eu não recomendo isso. Aproprie-se de sua finitude. Você precisa descansar para trabalhar bem. Você precisa descansar para desfrutar de Deus, da cultura e da criação.

19. Você tem um tempo limitado para servir a Deus na terra. Lembre-se disso. Veja o Salmo 90.12; Efésios 5.16. Aproveite ao máximo todas as oportunidades e não siga uma cultura mundana ao perder tempo com muitos esportes, videogames, e entretenimento de qualquer tipo. Veja Os Guinness, Carpe Diem Redeemed (InterVarsity, 2019) e John Piper, Não jogue sua vida fora.

20. Se você estiver em qualquer ambiente (seja online ou não) que esteja começando a prevalecer contra você, deixe-o o mais rápido possível. Isso inclui parar de assistir a um filme ruim (mesmo que você tenha pago por ele), abandonar um ambiente que seja muito mundano para suportá-lo em retidão, encerrar uma conversa inútil e assim por diante. Como diz a Bíblia, fuja da tentação.

21. “De todos os enganadores, tema mais a si mesmo” – Soren Kierkegaard.

Traduzido e revisado por Jonathan Silveira.

Texto originalmente publicado na página pessoal do Facebook do autor.

Douglas Groothuis é professor de filosofia no Denver Seminary. Coordena o curso de apologética cristã e ética e dirige o Gordon Lewis Center for Christian Thought and Culture. Obteve seu PhD em filosofia na University of Oregon em 1993, e está no Denver Seminary desde então.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *