O cristão e a desobediência civil | Wayne Grudem

Qual deve ser a relação do cristão com o governo? À luz de Romanos 13, há alguma situação na qual seria permitido ao cristão desobedecer o governo? Nesta palestra realizada no 10º Congresso de Teologia Vida Nova, Wayne Grudem aborda o assunto sob uma perspectiva bíblica.

© Vida Nova. Website: vidanova.com.br

197-autor_defaultWayne Grudem é professor pesquisador de Teologia e Bíblia pelo Phoenix Seminary, no Arizona. Foi professor titular do departamento de Teologia Bíblica e Sistemática da Trinity Evangelical Divinity School durante vinte anos. É graduado em Harvard, mestre em Teologia pelo Westminster Theological Seminary e doutor pela Universidade de Cambridge. É autor de Teologia sistemática, Entenda a fé cristã, Política segundo a Bíblia, Economia e política na cosmovisão cristã, Comentário bíblico de 1Pedro e A pobreza das nações, publicados por Vida Nova.

politica-segundo-biblia
As igrejas devem exercer alguma influência na política? Pastores devem pregar sobre temas políticos? Existe somente um posicionamento “cristão” em relação a questões políticas? A Bíblia traz algum ensinamento a respeito de como as pessoas devem votar?

Se já fez a si mesmo ao menos uma dessas perguntas, não pode deixar de ler este livro! Nele o autor lança mão de três tipos de argumentos para orientar uma visão política de acordo com a Bíblia: argumentos baseados em declarações bíblicas explícitas; argumentos baseados em princípios bíblicos mais amplos e argumentos baseados em uma avaliação de fatos relevantes no mundo de hoje.

Esta obra é uma edição parcial da que o autor publicou em inglês, pois muitos capítulos da obra original tratavam de questões específicas do contexto norte-americano. Sendo assim, fizemos uma seleção dos capítulos fundamentais para que os cristãos de língua portuguesa possam ter uma visão política segundo a Bíblia.

Publicado por Edições Vida Nova.
Leia também  O cristianismo progressista é mais raso que a fé evangélica que abandonei | Ian Harber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *