Suas lentes estão sujas, riscadas ou com defeito? | Fábio Mendes

Não sou um fotógrafo profissional, mas ganhei uma câmera profissional de presente. Isso me deixou curioso e comecei a estudar fotografia. Uma coisa interessante que descobri é que fotógrafos gastam mais dinheiro em lentes do que na própria câmera. Na minha ignorância, me falaram que o processador da câmera não pode gerar uma boa imagem se a lente não permite a entrada correta de luz para gerar uma representação do objeto a ser fotografado. Em outras palavras, a lente da câmera pode distorcer a realidade que está sendo fotografada.

Não pude resistir em criar um paralelo com nossas vidas. Nós não experimentamos a realidade diretamente. Nossas mentes são lentes para a realidade. Você já notou que toda a realidade que você experimenta vem de imagens mentais criadas pela sua própria mente? Você não experimenta a realidade diretamente. Você possui suas cinco entradas sensoriais que enviam sinais para seu cérebro. Então, nesse lugar escuro em seu crânio, você representa a realidade. É como se fosse uma câmera. A imagem é reproduzida dentro da câmera depois de filtrada pela lente. Essa imagem é representada em sua mente.

O que acontece quando nossas lentes não estão funcionando corretamente? A realidade não muda, mas sua percepção da realidade, sim. A vida é a mesma, mas a foto que tiramos da realidade é distorcida pela lente de sua mente. Desta forma, sua lente da mente pode apresentar três tipos de problemas:

1. Suas lentes estão sujas

Talvez você tenha uma imagem razoavelmente correta da realidade, mas, devido às lentes sujas, algumas coisas ficam distorcidas. Em alguns casos, alguns ficam até contentes com um pouco de distorção, especialmente quando os beneficia ou justifica seu comportamento. Sujar sua lente com relativismo pode ser conveniente porque remove responsabilidade. “Cada um na sua” é uma foto confortável da realidade. É por isso que Paulo nos fala para que

“não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).

2. Suas lentes estão riscadas

Traumas em nossas vidas podem riscar nossas lentes. Uma pessoa que foi abusada durante a infância pode ter um risco em sua lente que permite que ela se veja como inútil ou inferior. Em outros casos, uma pessoa pode ter tido experiências que a levou a tornar-se abusadora como resultado dessas circunstâncias. Quando sua lente esta riscada devido a traumas, ela precisa ser consertada para que você possa ver corretamente a realidade. Você vale a pena. Você tem valor. Por que o Deus do universo escolheria morrer por um ser humano inútil? Ele te ama. Você tem valor não porque tem valor intrínseco, mas por que Deus atribuiu valor a você. Ele te considera valioso. O suficiente para morrer por você.

“Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós” (Romanos 5:8).

3. Suas lentes estão com defeito

Quando suas lentes estão com defeito, você precisa de outras. Jogue a velha fora. Pegue novas lentes. Se sua lente tira fotos de um mundo sem significado e sem a existência de Deus, você precisa se perguntar se isso é uma fotografia correta da realidade. Podemos, no fundo de nosso ser, desejar propósito, quando propósito realmente não existe? Podemos verdadeiramente ser um peixe num deserto sem significado buscando pela água do significado, quando esta não existe? Cheque sua lente com o que a Bíblia diz,

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

Como humanos, nós nunca seremos capazes de fazer com que nossas lentes reflitam perfeitamente a realidade. Somos limitados. Assim como lentes de verdade, alguns refletem mais luz do que outros; e, não importa como seja, devido ao fato de usarem vidro para refletir a luz, sempre haverá uma “perda” no processo. O mesmo acontece com nós, seres humanos limitados. No entanto, haverá um dia em que nossas câmeras serão capazes de processar a realidade diretamente, sem qualquer lente.

“Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido” (1Coríntios 13:12).

Suas lentes estão sujas, riscadas ou com defeito?

Leia também  Crentes não pensam por si próprios | Fábio Mendes
Fábio Mendes mora na Califórnia, EUA. É bacharel em Ciências da Computação pela Universidade Bethel, em Minnesota, e MBA em gerenciamento de tecnologia pela University of Phoenix. Atualmente, exerce a função de Arquiteto Sênior de Sistemas para uma seguradora internacional. Membro da igreja Christ Fellowship, em Miami, dedica-se ao pensamento e à filosofia cristã com ênfase para jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *